Topo
Reinaldo Azevedo

Reinaldo Azevedo

Clipping/Folha 4 — Eleições e mais impunidade

Reinaldo Azevedo

2023-02-20T17:22:27

23/02/2017 22h27

Por Lilian Christofoletti e Rogério Pagnan, nesta segunda: "Mais que defender os interesses da população, as eleições de outubro serão uma 'tábua de salvação' para muitos políticos acusados de crimes comuns. Uma vitória poderá garantir a eles o privilégio de adiar as investigações e seus julgamentos para um futuro bem distante, com grandes chances de não serem punidos.Isso é possível porque a legislação garante a deputados federais e a senadores o direito de serem julgados penalmente apenas pelo STF (Supremo Tribunal Federal), instância máxima do Judiciário, que, na opinião de especialistas ouvidos pela Folha, não tem estrutura nem vocação para processar parlamentares.Para Carlos Velloso, ex-presidente do STF, a situação abre espaço para que os acusados escapem da investigação. "É claro que políticos com problemas na área criminal desejam o foro privilegiado. Nos tribunais superiores, como não há estrutura para cuidar de tantos processos, as situações acabam caindo na impunidade", disse.Na história do Supremo, nunca houve um processo concluído que terminasse em condenação. Todos foram absolvidos ou arquivados."

Sobre o autor

Reinaldo Azevedo, jornalista, é colunista da Folha e âncora do programa "O É da Coisa", na BandNews FM. É autor de "Contra o Consenso", "O País dos Petralhas I e II", "Máximas de um País Mínimo" e "Objeções de um Rotweiler Amoroso".

Sobre o blog

O "Blog do Reinaldo Azevedo" trata principalmente de política; envereda, quando necessário — e frequentemente é necessário —, pela economia e por temas que dizem respeito à cultura e aos costumes. É uma das páginas pessoais mais longevas do país: vai completar 13 anos no dia 24 de junho.

Mais Reinaldo Azevedo