Topo
Reinaldo Azevedo

Reinaldo Azevedo

Não há Reinaldo nas esquerdas. Podem achar bom, mas é rota para Lula morrer na cadeia com ou sem provas. Se consola, não estará sozinho

Reinaldo Azevedo

28/04/2018 08h52

O PT insiste na falácia de que há uma perseguição em curso contra Lula. Exclusivamente!

Seus intelectuais, como volta a fazer o incansável André Singer na Folha deste sábado, incluem o governo Temer no arco de forças que perseguiriam o PT e as esquerdas. A tese é de uma burrice estupefaciente.

Boa parte dos "companheiros" não percebeu que o alvo é a política como um todo. E só por isso lhes é tão difícil combater os atos de exceção contra Lula. Porque tais atos vão se transformando no modo de ser da Polícia e da Justiça.

E, por certo, não haverá uma voz de esquerda a apontar os atos de exceção de que o próprio Michel Temer é alvo.

Com efeito, não há um Reinaldo Azevedo de esquerda. Os esquerdistas podem até achar isso uma maravilha. Asseguro, no entanto, que não é. Não perceber que toda a política está no patíbulo e que os métodos de exceção não escolhem camisa partidária chega a ser de uma estupidez criminosa.

Mas, vá lá, entendo. Este liberal de direita aponta os desmandos de que Lula também é vítima porque, afinal, dado o meu conservadorismo em matéria de legislação, recuso, numa democracia, tudo o que fuja ao molde legal-institucional, que traz em si os caminhos para a própria mudança.

Com um esquerdista, é diferente. Eles também fazem da agressão a esse molde legal-institucional um jeito de fazer política. Como a Lava Jato. A indignação dos companheiros, no fim das contas, é diferente da minha: eles só estão indignados porque a PF e o MPF não se restringem a perseguir seus adversários.

Fosse assim, e eles estariam aplaudindo. Como aplaudiram no passado.

Por esse caminho, fiquem certos!, Lula morre na cadeia com ou sem provas. Não morrerá sozinho. Mas também ele morrerá.

Sobre o autor

Reinaldo Azevedo, jornalista, é colunista da Folha e âncora do programa "O É da Coisa", na BandNews FM. É autor de "Contra o Consenso", "O País dos Petralhas I e II", "Máximas de um País Mínimo" e "Objeções de um Rotweiler Amoroso".

Sobre o blog

O "Blog do Reinaldo Azevedo" trata principalmente de política; envereda, quando necessário — e frequentemente é necessário —, pela economia e por temas que dizem respeito à cultura e aos costumes. É uma das páginas pessoais mais longevas do país: vai completar 13 anos no dia 24 de junho.

Mais Reinaldo Azevedo