PUBLICIDADE
Topo

Advertência dos números 4: quase um terço do eleitorado – 30,87% – não quis votar nem em um nem em outro. Hora de votar na prudência

Reinaldo Azevedo

29/10/2018 08h07

Sim, o país demonstrou uma divisão das urnas, com vantagem para o bolsonarismo. Mas este é também um país que anda desiludido. Quase um terço do eleitorado (30,87%) não se sente representado pelos postulantes que chegaram à final da peleja. Oh, querido leitor! É claro que o presidente que vai tomar posse, a despeito desses números, é dotado de legitimidade e poder legal para pôr em prática todas as prerrogativas que cabem ao chefe do Executivo. Mas, antes de mais nada, os números que aqui estão recomendam prudência.

Sobre o autor

Reinaldo Azevedo, que publicou aqui o primeiro post no dia 24 de junho de 2006, é colunista da Folha e âncora do programa “O É da Coisa”, na BandNews FM.

Sobre o blog

O "Blog do Reinaldo Azevedo" trata principalmente de política; envereda, quando necessário — e frequentemente é necessário —, pela economia e por temas que dizem respeito à cultura e aos costumes. É uma das páginas pessoais mais longevas do país: vai completar 13 anos no dia 24 de junho.

Reinaldo Azevedo