Topo
Reinaldo Azevedo

Reinaldo Azevedo

REFORMA EM TRANSE 4: Bolsonaro pisca, e a Bolsa cai. Se cair a cada recuo, vai a 50 mil pontos. Fato: a política ainda vive

Reinaldo Azevedo

2001-03-20T19:10:41

01/03/2019 10h41

E aí aconteceu o quê, diante da piscada de
Bolsonaro? A Bolsa caiu 1,77%. Não foi
por falta de advertência deste humilde
jornalista. E até antevejo: se resolver cair
mais a cada recuo do governo, vai para o

patamar de 50 mil pontos, em vez de furar
a barreira dos 100 mil. Eu hesito um pouco
em chamar isso de especulação porque tal
fala estaria a indicar que sou otimista.
Acho que realmente é coisa pior. Parece-
me que a brava moçada que opera esses
assuntos acreditou que a política havia
morrido e que bastaria um demiurgo meio
bronco dar uns murros na mesa, e as
coisas entrariam no eixo. Enquanto o Brasil
for uma democracia — alguém tem alguma
ideia melhor? —, a reforma da Previdência
terá de passar pelo Congresso, e o
Congresso terá de passar pelo povo.
Como Bolsonaro passou. E sem tocar na
reforma da Previdência. Esse era um
assunto sobre o qual Paulo Guedes, que
não disputa eleições, tratava com os tais
agentes de mercado, que fingiam ignorar
que o povo não existe.
Continua aqui.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o autor

Reinaldo Azevedo, jornalista, é colunista da Folha e âncora do programa "O É da Coisa", na BandNews FM. É autor de "Contra o Consenso", "O País dos Petralhas I e II", "Máximas de um País Mínimo" e "Objeções de um Rotweiler Amoroso".

Sobre o blog

O "Blog do Reinaldo Azevedo" trata principalmente de política; envereda, quando necessário — e frequentemente é necessário —, pela economia e por temas que dizem respeito à cultura e aos costumes. É uma das páginas pessoais mais longevas do país: vai completar 13 anos no dia 24 de junho.

Mais Reinaldo Azevedo