Topo
Reinaldo Azevedo

Reinaldo Azevedo

Oposição é mais respeitosa do que os 'pseudoaliados', diz líder do PSL

Reinaldo Azevedo

2021-05-20T19:15:41

21/05/2019 15h41

O líder do PSL no Senado, Major Olímpio, afirmou nesta terça-feira (21) que a oposição tem mostrado mais respeito ao governo do que "pseudoaliados", "irmãos de luta e bandeira" que comemoram quando impõem derrota à administração de Jair Bolsonaro no Congresso.

As declarações foram dadas pelo senador ao deixar o Ministério da Economia, onde esteve reunido no início desta tarde com o ministro Paulo Guedes. Olímpio se referiu especificamente à derrota sofrida pelo governo na comissão mista que alterou a medida provisória 870, que trata da reforma administrativa.

Para tentar aprovar o texto, o governo precisou ceder e recriar dois ministérios (Cidades e Integração Nacional). A versão aprovada retira o Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) do Ministério da Justiça, de Sergio Moro, e prevê a volta do órgão ao Ministério da Economia.

"Eu respeito a oposição, é legítima, democrática. Os partidos têm feito um trabalho efetivo, eficiente, respeitoso", disse. "Exatamente porque eu respeito a oposição e o quanto a oposição tem sido respeitosa até com o governo, até muito mais que os pseudoaliados", disse.

"Vejo amigos, irmãos de luta, bandeira, e agora comemorando que impuseram mais uma derrota ao governo, empurramos, goela abaixo, mais uma coisa", completou o senador.(…)

Por Danielle Brant, na Folha.

Sobre o autor

Reinaldo Azevedo, jornalista, é colunista da Folha e âncora do programa "O É da Coisa", na BandNews FM. É autor de "Contra o Consenso", "O País dos Petralhas I e II", "Máximas de um País Mínimo" e "Objeções de um Rotweiler Amoroso".

Sobre o blog

O "Blog do Reinaldo Azevedo" trata principalmente de política; envereda, quando necessário — e frequentemente é necessário —, pela economia e por temas que dizem respeito à cultura e aos costumes. É uma das páginas pessoais mais longevas do país: vai completar 13 anos no dia 24 de junho.

Mais Reinaldo Azevedo