Topo
Reinaldo Azevedo

Reinaldo Azevedo

ENTENDA STF 5: Ódio de xucros a Gilmar faz sentido. Mais: Bolsonaro X Lula

Reinaldo Azevedo

2026-06-20T19:07:35

26/06/2019 07h35

Gilmar Mendes, ministro do Supremo: adiamento de voto-vista dá chance ao devido processo legal

Quando chegou, então, a vez de apresentar seu voto-vista, o ministro Gilmar Mendes defendeu que se faça uma análise mais detida dos novos elementos surgidos nos autos com as revelações feitas pelo site The Intercept Brasil. Lembrou ainda o grampo ilegal feita no escritório dos advogados de defesa de Lula, reiterando a necessidade de adiar o julgamento — e esta era, se notam, a proposta inicial do ministro.

Mendes propôs que se garantisse, então, a liberdade a Lula — ao menos até a conclusão da votação do habeas corpus que trata da suspeição de Moro. Foi seguido por Lewandowski. Fachin opôs-se, como era de se esperar, sendo seguido por Celso de Mello. A presidente da turma, Carmen Lúcia, deu o terceiro voto contra a soltura. E a isso se chamou "a derrota de Lula".

Ocorre que ninguém pode garantir que, no julgamento de mérito, Celso de Mello também dirá "não". Muitos poderão perguntar: a política brasileira aguenta a anulação da sentença de Lula e, eventualmente, o recuo de outros processos à fase da denúncia ou da investigação? A minha resposta é "sim". Jair Bolsonaro, por exemplo, pode até torcer por isso. Parte de sua força está no antipetismo e no antilulismo. Talvez seja uma boa chave a ligar a campanha pela reeleição.

Repudio os valores do bolsonarismo e acho seu governo um desastre até aqui. Isso me faria, então, condescender com as lambanças da Lava-Jato? Obviamente, não! Cumpra-se o devido processo legal. E que os eleitores façam a sua escolha.

Porque sei outra coisa: se a política aguenta, sim, um Lula livre ou submetido ao devido processo legal, a verdade é que o Judiciário não aguenta conviver com as ilegalidades já conhecidas da Lava-Jato e com aquelas que ainda se vão conhecer.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o autor

Reinaldo Azevedo, jornalista, é colunista da Folha e âncora do programa "O É da Coisa", na BandNews FM. É autor de "Contra o Consenso", "O País dos Petralhas I e II", "Máximas de um País Mínimo" e "Objeções de um Rotweiler Amoroso".

Sobre o blog

O "Blog do Reinaldo Azevedo" trata principalmente de política; envereda, quando necessário — e frequentemente é necessário —, pela economia e por temas que dizem respeito à cultura e aos costumes. É uma das páginas pessoais mais longevas do país: vai completar 13 anos no dia 24 de junho.

Mais Reinaldo Azevedo