Topo
Reinaldo Azevedo

Reinaldo Azevedo

Governo Bolsonaro quer esvaziar Comissão de Ética Pública da Presidência

Reinaldo Azevedo

2009-07-20T19:15:10

09/07/2019 15h10

O governo Jair Bolsonaro quer esvaziar a CEP (Comissão de Ética Pública) da Presidência da República e impedir que ela recomende a exoneração de servidores da cúpula da administração federal que cometeram desvios de conduta.

A medida faz parte de um estudo em curso na Controladoria-Geral da União (CGU), que prepara uma reestruturação do sistema de prevenção à corrupção no governo.

Pessoas que acompanham as discussões afirmam que o plano desidrata a comissão presidencial, que também perderia a função de coordenar e supervisionar os demais órgãos de análise de denúncias por violações éticas e conflitos de interesse praticados por servidores federais.

Com a mudança, o papel passaria para a CGU, que se tornaria uma superpasta, exercendo influência sobre centenas de comissões de ética espalhadas por ministérios, secretarias, autarquias e até universidades.

O atual presidente da CEP, Paulo Henrique Lucon, considera que o órgão federal precisa ser imparcial e, para isso, desvinculado de qualquer ministério. Ele disse que ficou sabendo da discussão sobre uma mudança, mas que não foi informado oficialmente sobre o tema.

"Essa proposta tem de ser feita com muito cuidado, porque isso importaria no esvaziamento de uma comissão que existe há 20 anos", afirmou. "Isso representaria um tremendo retrocesso." (…)

Por Gustavo Uribe e Júlio Wiziack, na Folha.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o autor

Reinaldo Azevedo, jornalista, é colunista da Folha e âncora do programa "O É da Coisa", na BandNews FM. É autor de "Contra o Consenso", "O País dos Petralhas I e II", "Máximas de um País Mínimo" e "Objeções de um Rotweiler Amoroso".

Sobre o blog

O "Blog do Reinaldo Azevedo" trata principalmente de política; envereda, quando necessário — e frequentemente é necessário —, pela economia e por temas que dizem respeito à cultura e aos costumes. É uma das páginas pessoais mais longevas do país: vai completar 13 anos no dia 24 de junho.

Mais Reinaldo Azevedo