Topo
Reinaldo Azevedo

Reinaldo Azevedo

Três versões para a licença de Moro. A mais exótica: “reenergizar o corpo”

Reinaldo Azevedo

2009-07-20T19:02:05

09/07/2019 02h05

Sergio Moro: se versão de porta-voz da Presidência corresponder aos fatos, ministrou cansou cedo

Ninguém entendeu direito, e eu também não. O ministro da Justiça, Sergio Moro, vai ficar uma semana afastado da pasta.

Versão do Diário Oficial: ele se afasta entre os dias 15 e 19 para "tratar de assuntos particulares".

Versão do Ministério da Justiça: ele gozará de um período de férias — depois de seis meses apenas à frente do Ministério da Justiça. Será uma licença não-remunerada.

Versão do porta-voz da Presidência, Rêgo Barros: "Trabalhar, trabalhar, trabalhar é importante. Mas descansar também faz parte do contexto de reenergizar o nosso corpo para prosseguirmos no combate".

Reernegizar o corpo?

Pois é… Não é por falta, como diria o poeta, de visitar "longes terras" que o ministro estaria sem energia. Em meio ano de governo, já viajou três vezes aos EUA — na última, chegou ao país no dia 22 do mês passado. E parte de sua agenda era secreta. Em maio, visitou Portugal outras duas vezes em menos de um mês.

Todo mundo torce por uma legislação trabalhista como a que privilegia Moro, né?

Em benefício do governo que integra, o ministro deveria demitir-se enquanto é cedo. E Jair Bolsonaro e seus auxiliares — viu, general Heleno?… — teriam de torcer por isso.

Por enquanto, o "escândalo Moro" corre em separado do governo porque diz respeito a suas peripécias quando juiz. Mas tudo vai depender da determinação com que a gestão Bolsonaro vai se amarrar àquele que, segundo Heleno, é o Batman contra o Coringa.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o autor

Reinaldo Azevedo, jornalista, é colunista da Folha e âncora do programa "O É da Coisa", na BandNews FM. É autor de "Contra o Consenso", "O País dos Petralhas I e II", "Máximas de um País Mínimo" e "Objeções de um Rotweiler Amoroso".

Sobre o blog

O "Blog do Reinaldo Azevedo" trata principalmente de política; envereda, quando necessário — e frequentemente é necessário —, pela economia e por temas que dizem respeito à cultura e aos costumes. É uma das páginas pessoais mais longevas do país: vai completar 13 anos no dia 24 de junho.

Mais Reinaldo Azevedo