Topo
Reinaldo Azevedo

Reinaldo Azevedo

Coaf pode ir para BC nesta 2ª; Leonel volta à Receita. Mas em qual cargo?

Reinaldo Azevedo

19/08/2019 06h50

Roberto Leonel: de homem da Lava Jato na Receita a homem de Moro no Coaf. A farra vai acabar. No Coaf ao menos (Foto: Dida Sampaio/Estadão)

O governo pode enviar ainda hoje a Medida Provisória ao Congresso que transfere o Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) para o Banco Central. O conselho será composto apenas de servidores do BC. Isso implica que Roberto Leonel, olhos e braços de Sergio Moro e de Deltan Dallagnol no órgão, será devolvido à Receita, onde é funcionário de carreira.

O problema só muda de lugar. Ele voltará para a área de inteligência no Paraná? Continuará a fazer o que fazia quando operava em parceria com Deltan Dallagnol? Parece-me evidente que este senhor não tem condições mínimas de exercer um cargo de confiança e de ter acesso a material sensível — vale dizer: é preciso que se lhe tolham eventuais prerrogativas de acessar dados sigilosos dos brasileiros.

Caso a MP não seja enviada hoje, Leonel tem de ser afastado já.

Moro perde ainda outra, digamos, agente no Coaf: a delegada da Polícia Federal Erika Marena, que já responde pelo DRCI, Departamento de Recuperação de Ativo e Cooperação Internacional. É a policial que conduziu aquele inquérito do horror na Universidade Federal de Santa Catarina, que teve como desdobramento o suicídio do reitor Luiz Carlos Cancellier no dia 2 de outubro de 2017.

Foi preso, humilhado e impedido de entrar na universidade. Era inocente! Quem diz? O próprio inquérito da doutora. E por que foi preso e teve a reputação enlameada? Cabe indagar ao Ministério Público, à delegada Marena e à juíza Janaina Cassol, que autorizou a prisão.

Sergio Moro deve ter visto no conjunto da obra um belo trabalho. Tanto que levou Marena para o Ministério da Justiça, em função de ponta, e também para o Coaf.

Em matéria de Estado de Direito, eis um verdadeiro monstro…

 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o autor

Reinaldo Azevedo, jornalista, é colunista da Folha e âncora do programa "O É da Coisa", na BandNews FM. É autor de "Contra o Consenso", "O País dos Petralhas I e II", "Máximas de um País Mínimo" e "Objeções de um Rotweiler Amoroso".

Sobre o blog

O "Blog do Reinaldo Azevedo" trata principalmente de política; envereda, quando necessário — e frequentemente é necessário —, pela economia e por temas que dizem respeito à cultura e aos costumes. É uma das páginas pessoais mais longevas do país: vai completar 13 anos no dia 24 de junho.

Mais Reinaldo Azevedo