Topo
Reinaldo Azevedo

Reinaldo Azevedo

Alcolumbre sucumbe à pressão do "Zero Zero" por "03". Vai virar um esbirro?

Reinaldo Azevedo

16/09/2019 07h21

Davi Alcolumbre, presidente do Senado: ensaiou uma posição independente, mas sucumbiu à pressão por Eduardo

Segundo o Painel, da Folha, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, tem hoje como missão principal conseguir a aprovação do nome de Eduardo Bolsonaro para a embaixada do Brasil em Washington. E instrumentos lhe estão sendo disponibilizados — se é que me entendem… 

Não custa lembrar:  o governo se mobilizou em favor da eleição de Alcolumbre. Parece que chegou a hora de pagar a conta. Um dos grandes entusiastas do seu nome, o líder da minoria no Senado, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), pode se orgulhar, mais uma vez, do seu "bolsonarismo de esquerda"…

Alcolumbre vinha conseguindo se comportar com independência. Mas parece ter sucumbido à pressão do "Zero Zero" em favor do "Zero Três".

Eu sou o caminho
O esforço para viabilizar a aprovação de Eduardo Bolsonaro à embaixada do Brasil nos EUA fez de Davi Alcolumbre (DEM-AP) o principal articulador do governo no Senado. Segundo dirigentes de partidos, o Planalto deu "todos os instrumentos" para que o presidente da Casa possa negociar com as bancadas. Ao contrário do que houve na Câmara, a liberação de cargos não está condicionada à reforma da Previdência. Com os senadores, as conversas giram em torno de votos a favor do 03.

Quem te viu…
A proximidade do presidente do Senado com os planos da família Bolsonaro passou a incomodar governadores de centro e centro-direita que apoiaram sua eleição para o comando da Casa. Alguns têm chamado Alcolumbre de "vice-presidente de fato", numa ironia ao tamanho dos poderes que Jair Bolsonaro delegou ao democrata.

…quem te vê
Segundo dirigentes de partidos ouvidos pelo Painel, o presidente do Senado tem feito conversas individuais com senadores do centrão. Nesses encontros, explica que a indicação de Eduardo tornou-se questão central para o governo e indaga sobre demandas que poderiam ser levadas ao Planalto.

Prioridades
No Senado, a reforma da Previdência é vista como um não problema. A aprovação do texto está precificada. O foco mesmo de atuação do governo é a indicação do filho mais novo do presidente a embaixador.

(…)
Na Folha

 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o autor

Reinaldo Azevedo, jornalista, é colunista da Folha e âncora do programa "O É da Coisa", na BandNews FM. É autor de "Contra o Consenso", "O País dos Petralhas I e II", "Máximas de um País Mínimo" e "Objeções de um Rotweiler Amoroso".

Sobre o blog

O "Blog do Reinaldo Azevedo" trata principalmente de política; envereda, quando necessário — e frequentemente é necessário —, pela economia e por temas que dizem respeito à cultura e aos costumes. É uma das páginas pessoais mais longevas do país: vai completar 13 anos no dia 24 de junho.

Mais Reinaldo Azevedo