Topo
Reinaldo Azevedo

Reinaldo Azevedo

Por que parlamentares buscariam o “Mito”? Por sua estabilidade e lealdade?

Reinaldo Azevedo

10/10/2019 07h14

Qualquer que seja a escolha de Bolsonaro, ainda que a migração de parlamentares para outra legenda se mostre possível — o que, reitero, só se faria rasgando a lei —, ele terá um partido menor do que tem hoje. Quanto à moral, dizer o quê? Os que o acompanharem levarão a que têm hoje acrescida da deslealdade. Duvido que haja uma revoada de parlamentares de outras legendas para a do presidente. Em nome do quê? De sua constância emocional? De sua fidelidade a aliados? De sua prudência? Notem que ele deflagra essa crise antes mesmo da conclusão da reforma da Previdência e quando se ensaiam passos das reformas tributária e administrativa. Não, meus caros! Não há método nenhum nessa maluquice. O que se vê é Bolsonaro sendo Bolsonaro, a confundir a mediocridade e a Irrelevância de sua vida política com a história do país. Com uma montanha de dinheiro em disputa. É uma pena que não sejam apenas os que votaram nele a arcar com a consequência, não é mesmo? Na democracia, infelizmente, é assim.
Mais aqui

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o autor

Reinaldo Azevedo, jornalista, é colunista da Folha e âncora do programa "O É da Coisa", na BandNews FM. É autor de "Contra o Consenso", "O País dos Petralhas I e II", "Máximas de um País Mínimo" e "Objeções de um Rotweiler Amoroso".

Sobre o blog

O "Blog do Reinaldo Azevedo" trata principalmente de política; envereda, quando necessário — e frequentemente é necessário —, pela economia e por temas que dizem respeito à cultura e aos costumes. É uma das páginas pessoais mais longevas do país: vai completar 13 anos no dia 24 de junho.

Mais Reinaldo Azevedo