Topo
Reinaldo Azevedo

Reinaldo Azevedo

Novo líder do PSL, Eduardo diz que futuro da família na sigla é incerto

Reinaldo Azevedo

23/10/2019 20h21

Após assumir a liderança de um PSL rachado na Câmara, o deputado Eduardo Bolsonaro (SP) afirmou à Folha que sua missão agora é pacificar a sigla, mas reconhece que o futuro partidário dele e de sua família ainda é incerto.

O deputado, que é filho do presidente Jair Bolsonaro, disse que desistiu de ser embaixador do Brasil em Washington depois de ouvir seu eleitorado, negou que não tivesse votos necessários no Senado para aprovação de seu nome e admitiu que uma parte de sua base de apoio era contrária à sua indicação.

Com o partido dividido, no entanto, o deputado disse que vai conversar com todo mundo e que política não deve ser feita com o fígado.

Qual vai ser o objetivo do senhor como líder do PSL? Qual vai ser sua missão? É preciso que o PSL retorne a ser um partido onde você coloque adiante as pautas que nos elegeram, e não um partido em que, lamentavelmente, como na semana passada, oriente contra o governo. A minha missão como líder é retornar ao status quo, ao status que acontecia antes dessa conturbada semana para o PSL. Os deputados que estavam na comissão xis seguem na comissão xis.

Não tem retaliação? Não, nenhuma retaliação.(…)

Leia a entrevista completa na Folha.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o autor

Reinaldo Azevedo, jornalista, é colunista da Folha e âncora do programa "O É da Coisa", na BandNews FM. É autor de "Contra o Consenso", "O País dos Petralhas I e II", "Máximas de um País Mínimo" e "Objeções de um Rotweiler Amoroso".

Sobre o blog

O "Blog do Reinaldo Azevedo" trata principalmente de política; envereda, quando necessário — e frequentemente é necessário —, pela economia e por temas que dizem respeito à cultura e aos costumes. É uma das páginas pessoais mais longevas do país: vai completar 13 anos no dia 24 de junho.

Reinaldo Azevedo