Topo

Vídeo em defesa do centro é bom sinal. Mas o que significa na prática?

Reinaldo Azevedo

22/11/2019 17h09

Na minha coluna de hoje na Folha, faço uma pergunta: "Mas cadê esse tal centro?". E defendo a necessidade que as lideranças que se identificam com essa posição se apresentem, então, para o debate.

Pois é. Eis que partidos identificados com esse tal "centro" lançaram uma espécie de manifesto em vídeo em defesa do centro e contra os extremos. Segundo apuração do Painel, da Folha, juntaram-se na empreitada DEM, PP, PL, PRB, PSD, MDB, Avante e Solidariedade. Aparecem como exemplo de líderes incompatíveis com o centro Hugo Chavez, ex-ditador da Venezuela, já morto, e Donald Trump, presidente dos EUA.

Não se ousou um "nem Bolsonaro nem Lula". Segundo o "Painel", da Folha, patrocinaram o vídeo as seguintes legendas: DEM, PP, PL, PRB, PSD, MDB, Avante e Solidariedade.

É claro que ainda voltarei ao assunto. Encerro com um trecho da minha coluna de hoje:
"Quem quer se tornar liderança política tem de se apresentar para o debate. Quantos dos candidatos a candidato do centro afrontam Bolsonaro e sua tropa, reagindo aos ataques que fazem a valores civilizatórios? Quando Paulo Guedes quer meter gastos com inativos no mínimo constitucional previsto para saúde e educação ou garfar 7,5% do seguro-desemprego, onde estão os não extremistas? Tomando chá de camomila diante da proposta inédita de taxar as grandes pobrezas?"

O vídeo sugere ser esta a primeira peça de uma articulação de longo prazo. Vamos ver.

Sobre o autor

Reinaldo Azevedo, jornalista, é colunista da Folha e âncora do programa "O É da Coisa", na BandNews FM. É autor de "Contra o Consenso", "O País dos Petralhas I e II", "Máximas de um País Mínimo" e "Objeções de um Rotweiler Amoroso".

Sobre o blog

O "Blog do Reinaldo Azevedo" trata principalmente de política; envereda, quando necessário — e frequentemente é necessário —, pela economia e por temas que dizem respeito à cultura e aos costumes. É uma das páginas pessoais mais longevas do país: vai completar 13 anos no dia 24 de junho.

Reinaldo Azevedo