Topo

Brasil tem "racismo nutella", diz novo presidente da Fundação Palmares

Reinaldo Azevedo

28/11/2019 15h47

O jornalista Sérgio Nascimento de Camargo foi nomeado nesta quarta-feira (27) como novo presidente da Fundação Palmares, órgão responsável por promover a cultura de matriz africana, ocupando o lugar de Vanderlei Lourenço.

Em seu perfil no Facebook, Camargo se define como: "Negro de direita, contrário ao vitimismo e ao politicamente correto". Ele já afirmou, em sua conta, que o Brasil tem "racismo nutella" e que  "racismo real existe nos EUA".

Camargo, que usa a rede social com frequência, também escreveu que a escravidão foi terrível "mas benéfica para os descendentes". Na sequência, diz que "negros do Brasil vivem melhor que os negros da África". Ele é filho de Oswaldo de Camargo, é especialista em literatura negra e militante do movimento. (…)

Na Folha.

Sobre o autor

Reinaldo Azevedo, jornalista, é colunista da Folha e âncora do programa "O É da Coisa", na BandNews FM. É autor de "Contra o Consenso", "O País dos Petralhas I e II", "Máximas de um País Mínimo" e "Objeções de um Rotweiler Amoroso".

Sobre o blog

O "Blog do Reinaldo Azevedo" trata principalmente de política; envereda, quando necessário — e frequentemente é necessário —, pela economia e por temas que dizem respeito à cultura e aos costumes. É uma das páginas pessoais mais longevas do país: vai completar 13 anos no dia 24 de junho.

Reinaldo Azevedo