Topo

PEC que extingue fundos públicos deve tramitar antes do "pacote" de Guedes

Reinaldo Azevedo

28/11/2019 14h29

O secretário de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues, afirmou nesta quinta-feira (28) que a PEC (proposta de emenda à Constituição) para extinção de mais de 200 fundos públicosdeve ter a tramitação mais rápida no Congresso dentre as três enviadas pelo Executivo recentemente para alterar regras fiscais e orçamentárias.

"Por ser mais focada e até menor, ela deve ter uma tramitação mais rápida. [A aprovação] pode ser neste ano, nas duas Casas inclusive", disse. Segundo ele, o tema vai estar na pauta da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado na semana que vem. "Esse é o quadro mais provável que entendemos", afirmou.

Rodrigues disse que há espaço para leitura e aprovação da CCJ também neste ano da chamada PEC Emergencial. A proposta prevê medidas para controlar gastos obrigatórios do governo em caso de situação fiscal crítica. Um dos gatilhos propostos reduz a jornada de servidores em 25% com corte salarial proporcional.(…)

Na Folha.

Sobre o autor

Reinaldo Azevedo, jornalista, é colunista da Folha e âncora do programa "O É da Coisa", na BandNews FM. É autor de "Contra o Consenso", "O País dos Petralhas I e II", "Máximas de um País Mínimo" e "Objeções de um Rotweiler Amoroso".

Sobre o blog

O "Blog do Reinaldo Azevedo" trata principalmente de política; envereda, quando necessário — e frequentemente é necessário —, pela economia e por temas que dizem respeito à cultura e aos costumes. É uma das páginas pessoais mais longevas do país: vai completar 13 anos no dia 24 de junho.

Reinaldo Azevedo