Topo

Alcolumbre pensa em sua reeleição no Senado; Maia, na Câmara, resiste

Reinaldo Azevedo

03/12/2019 12h34

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), está articulando uma mudança na lei para permitir sua própria reeleição, em fevereiro de 2021. A proposta enfrenta resistência do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que tenta convencer o colega a mudar de ideia, sob o argumento de que a estratégia poderia ser classificada como uma manobra para se perpetuar no poder. A justificativa para o início das negociações com tanta antecedência é que o calendário de 2020 será mais curto, por causa das disputas municipais.

"Se ele (Alcolumbre) vai tratar desse tema no Senado, vai depois colocar um problema na Câmara", disse Maia ao Estado. "Eu não sou candidato à reeleição em hipótese nenhuma."

A Constituição proíbe que presidentes da Câmara e do Senado sejam reconduzidos ao posto na mesma legislatura. Para alterar esse quadro, o Congresso precisa aprovar uma proposta de emenda à Constituição (PEC) e, ainda, alterar o regimento das duas Casas. (…)

No Estadão.

 

Sobre o autor

Reinaldo Azevedo, jornalista, é colunista da Folha e âncora do programa "O É da Coisa", na BandNews FM. É autor de "Contra o Consenso", "O País dos Petralhas I e II", "Máximas de um País Mínimo" e "Objeções de um Rotweiler Amoroso".

Sobre o blog

O "Blog do Reinaldo Azevedo" trata principalmente de política; envereda, quando necessário — e frequentemente é necessário —, pela economia e por temas que dizem respeito à cultura e aos costumes. É uma das páginas pessoais mais longevas do país: vai completar 13 anos no dia 24 de junho.

Reinaldo Azevedo