PUBLICIDADE
Topo

Inflação de novembro foi maior para pobres do que para ricos, diz IPEA

Reinaldo Azevedo

10/12/2019 14h23

A inflação das carnes pesou mais sobre os mais pobres em novembro e, só não foi pior, porque a alta de preços foi compensada pelo barateamento de outros itens da alimentação, segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). O Indicador Ipea de Inflação por Faixa de Renda, divulgado nesta terça-feira, 10, pelo instituto, mostra que as famílias com renda mais baixa tiveram inflação de 0,54% em novembro. No mesmo período, o custo de vida aumentou 0,43% para as famílias de renda mais elevada.

O indicador do Ipea desagrega por faixa de renda os dados do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e usado pelo governo nas metas perseguidas pelo Banco Central (BC). Em novembro, o IPCA ficou em 0,51%. O preços dos alimentos e de moradia ditaram o tom da inflação mais elevadas para os mais pobres..(…)

No UOL.

Sobre o autor

Reinaldo Azevedo, que publicou aqui o primeiro post no dia 24 de junho de 2006, é colunista da Folha e âncora do programa “O É da Coisa”, na BandNews FM.

Sobre o blog

O "Blog do Reinaldo Azevedo" trata principalmente de política; envereda, quando necessário — e frequentemente é necessário —, pela economia e por temas que dizem respeito à cultura e aos costumes. É uma das páginas pessoais mais longevas do país: vai completar 13 anos no dia 24 de junho.

Reinaldo Azevedo