PUBLICIDADE
Topo

COP-25:Constrangidos, ruralistas não conseguem reuniões com países europeus

Reinaldo Azevedo

12/12/2019 13h17

Se por um lado, no início do ano, o agronegócio defendeu que o Brasil permanecesse no Acordo de Paris, agora o setor é um dos que mais sofre constrangimentos na COP-25, conferência da ONU que busca regulamentar o acordo climático.

Parlamentares e representantes de associações do agronegócio contaram à Folha que as reações internacionais mostram uma preocupação central com o desmatamento, vinculado às exportações de madeira, soja, gado, e, mais recentemente, também de cana-de-açúcar.

Hoje visto como vilão, o agronegócio brasileiro já participou de edições anteriores das COPs do Clima como protagonista de soluções climáticas, quando o Brasil promovia a agenda dos biocombustíveis e do etanol, oferecidos como substitutos no curto prazo dos combustíveis fósseis.(…)

Do blog Ambiência, na Folha.

Sobre o autor

Reinaldo Azevedo, que publicou aqui o primeiro post no dia 24 de junho de 2006, é colunista da Folha e âncora do programa “O É da Coisa”, na BandNews FM.

Sobre o blog

O "Blog do Reinaldo Azevedo" trata principalmente de política; envereda, quando necessário — e frequentemente é necessário —, pela economia e por temas que dizem respeito à cultura e aos costumes. É uma das páginas pessoais mais longevas do país: vai completar 13 anos no dia 24 de junho.

Reinaldo Azevedo